Segunda-feira, 28 de Setembro de 2020

Política
Publicada em 13/09/20 às 05:48h - 19 visualizações
Coisas da Política: 11 de setembro de 2020
Joao Carlos Rodrigues 11 de setembro de 2020

Jornal O Niquel




·          

RETALIAÇÃO

Em vídeo postado nas redes sociais, o deputado estadual Toni Cunha (PTB) deixa patente que o governador Helder Barbalho (MDB) decidiu exonerar todos os indicados do parlamentar em cargos governamentais em Marabá. As exonerações seriam em retaliação ao voto de Cunha a favor da aprovação das contas do ex-governador Simão Jatene (PSDB), na Alepa.

DIRETO

Em recado duro, Toni Cunha disse que sua consciência não está à venda e que não viu nenhum motivo para rejeitar as contas de Jatene – como fez a esmagadora maioria dos deputados estaduais paraenses. E que continuará votando a favor do que for bom para o Pará e contra tudo que possa ser prejudicial ao povo paraense.

ARMAÇÃO?

Pegando carona no vídeo do deputado, Simão Jatene também veio a público para reafirmar que foi vítima de uma armação para rejeitar suas contas e deixá-lo inelegível para os próximos pleitos. Na visão de Jatene, o depoimento de Toni Cunha contribui para que a sociedade paraense possa compreender que há algo errado no fato de a Alepa ter rejeitado as contas dele, apesar do parecer do Tribunal de Contas do Estado (TCE) recomendando que fossem aprovadas.

VICES

Na reta final para as convenções dos maiores partidos em Marabá, continuam as especulações sobre os nomes dos candidatos a vice-prefeito nas principais chapas. Com exceção da chapa PSL/MDB, que já anunciou Manoel Veloso prefeito e Ilker Moraes vice, as demais ainda estão indefinidas e as conversas continuam a todo vapor.

PARTIDO LIBERAL

A pré-candidata a prefeita do PL, vereadora Irismar Melo, disse à Coluna que está conversando com diversos partidos. A definição do vice deve sair até a convenção do partido, na noite da próxima segunda-feira. Segundo a vereadora, caso os diálogos com outras legendas não avancem, o PL disputará a eleição majoritária com chapa pura.

CONVICÇÃO

A pré-candidata do PL disse que recebeu vários convites para compor nas chapas de outros candidatos, todas liderados por homens. Mas disse também que está convicta no propósito de assegurar uma candidatura feminina à Prefeitura de Marabá, na eleição deste ano.

ESPECULAÇÃO

Nas últimas horas, surgiu a informação de que o Partido dos Trabalhadores (PT) teria a intenção de emplacar o candidato a vice na chapa de Tião Miranda (PTB). Fonte ligada ao partido afirmou à Coluna que isso não procede. Apesar de o PT ter mesmo forte tendência de compor a coligação do atual prefeito, conforme publicamos aqui na semana passada.

SEM PREFEITO

Já o Progressitas, liderado no município e no Estado pelos irmãos Beto e João Salame, ainda não definiu sua posição no que diz respeito à eleição majoritária em Marabá. Segundo importante liderança do partido, no momento, o PP caminha na direção de não apoiar ninguém para prefeito e se concentrar somente nas candidaturas para vereador. Mas isso ainda pode mudar até o fim dos prazos para a realização das convenções.

PSC

Da mesma forma está o Partido Social Cristão, presidido no Pará pelo senador Zequinha Marinho. Fonte interna do PSC disse que a legenda recebeu pelo menos dois convites para compor como vice nas chapas encabeçadas por outros partidos, mas até agora não tomou uma decisão quanto ao rumo que deverá tomar. Segundo a fonte, eles estão aguardando uma última conversa com o prefeito Tião Miranda (PSD), cuja recandidatura tem a simpatia de muitos no PSC.

PARAUAPEBAS

Em Parauapebas, o enorme número de pré-candidatos a prefeito começa a diminuir. Meire Vaz (PMB), que estava pré-candidata a prefeita até bem pouco tempo, foi anunciada como vice de Marcelo Catalão (Avante). Da mesma forma, a empresária Francine Lopes (PSDB) deve compor chapa com o ex-prefeito Valmir Mariano (PSD), que tentará voltar à cadeira de prefeito do município.

XINGUARA

Em Xinguara, pesquisa realizada pelo Instituto Gauss e registrada no TSE sob o nº PA-02039/2020, aponta a liderança do médico Moacir Pires de Faria (PL) na corrida eleitoral. Segundo o levantamento estimulado, quando os nomes dos candidatos são apresentados ao entrevistado, Moacir tem 38,60% das intenções de voto. O segundo colocado é o empresário Amarildo Paulino da Silva (MDB), que aparece com 32,15% dos votos. Em terceiro e último lugar, Enric Laureano (PSL), com 10,53%.

INDECISOS

Conforme o Instituto Gauss, nada menos que 16,37% dos eleitores xinguarenses disseram não saber em quem vão votar ou preferiram não opinar. Já 2,34% dos entrevistados declararam que não votam em nenhum dos nomes apresentados pelos pesquisadores. A pesquisa foi realizada entre os dias 25 e 26 de agosto e a margem de erro é de 3% para mais ou para menos.

REDENÇÃO

Em Redenção, assim como informado pela Coluna na semana passada, o prefeito Marcelo Borges (PSD) decidiu sair candidato à reeleição. A decisão é uma reação à escolha de José Willian Gonçalves, o Willian do Potência, para ser o candidato do MDB à prefeitura, anunciada pelo governador Helder Barbalho.

MOTIVO

O candidato favorito de Marcelo Borges era o empresário Carlos Eduardo Cadu, que havia sido lançado pelo ex-prefeito Iavé Furtado, falecido no mês passado. Como a vontade de Iavé não foi respeitada, Borges resolveu abandonar o grupo liderado pelo MDB e concorrer a um novo mandato na prefeitura.

APOIO

Fonte da Coluna em Redenção diz que Marcelo Borges tem o apoio do deputado federal Joaquim Passarinho, presidente estadual do PSD, para se recandidatar. O momento, agora, é de tentar atrair outros partidos para a empreitada, mas, diz a fonte, se não houver adesões de outras siglas, o PSD deve apresentar também o candidato a vice-prefeito na chapa.

DEBANDADA

A alegação de Helder Barbalho para a escolha de William do Potência, como candidato do MDB em Redenção, é de que o nome deste apareceu mais bem posicionado em pesquisa interna encomendada pelo partido. Mas o grupo de Carlos Eduardo Cadu e do ex-prefeito Iavé Furtado não engoliu a decisão e, do jeitinho que a Coluna vem antecipando há semanas, o MDB saiu rachado da disputa interna.

VERSÃO OFICIAL

Nas redes sociais, circula nota atribuída ao MDB justificando a escolha de Potência como candidato em Redenção. Segundo a nota, os critérios utilizados foram combinados entre as partes. Elogios foram lançados rumo ao derrotado no processo, Carlos Eduardo, assim como ao falecido prefeito Iavé. Apesar das muitas belas palavras, parece que a nota não surtiu o efeito desejado.

DESFILIAÇÃO JÁ

Na quarta-feira (9), começou a circular, também pelas redes sociais, um convite para a desfiliação em massa do MDB de Redenção. Chamado de “Movimento Desfiliação Já MDB”, seus organizadores alegam que o partido não respeitou a memória de Iavé Furtado e convocam os correligionários a entregarem suas cartas de desfiliação nesta sexta-feira (11), às 18h, em ato conjunto em uma escola da cidade.

ESQUECIDOS

Pelo visto, a memória de lideranças políticas naquela região não costuma valer muita coisa. Recentemente, em São Félix do Xingu, tão logo passou o luto oficial pela morte do ex-prefeito Antônio Levino, o PSC retirou o comando do partido da viúva, Neusa do Levino. Ela pretendia ser candidata no lugar do marido, mas ficou impossibilitada, pois lhe tomaram o partido sem a menor cerimônia.

 

Por hoje é só. Bom fim de semana a todos e até a próxima sexta-feira!




ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário


Insira os caracteres no campo abaixo:


(94)99105 2029

Videos

ANIVERSARIANTES DO MÊS
Parabéns Vanessa 07 de Setembro
Cidade: Ourilândia do Norte
OUVINTE DO MÊS
Estatísticas
Visitas: 319698 Usuários Online: 117


Downloads de Arquivos

Copyright (c) 2020 - Jornal O Niquel - Todos os direitos reservados