Quinta-feira, 02 de Julho de 2020

POLÍCIA
Publicada em 29/06/20 às 21:03h - 7 visualizações
Mulheres presas por suspeita de terem matado um bebê recém-nascido
O caso aconteceu no Residencial Alto Bonito, onde elas moram e teriam passado a noite ingerindo bebida alcoólica

Jornal O Niquel



Foram presas, em Parauapebas, pela Polícia Civil, por volta das 10h30 desta segunda-feira (29), acusadas de homicídio culposo, Glenda Sousa Nunes e Ana Terra Valadares. A vítima foi um bebê recém-nascido, com menos de um mês de idade. O caso aconteceu em um dos apartamentos do Residencial Alto Bonito, onde as mulheres moram juntas e receberam voz de prisão em flagrante. Elas também estão sendo acusadas de fraude processual.

Glenda Nunes, mãe da criança, informou que dormiu junto com o bebê e outros dois filhos, e quando acordou, na manhã de hoje, o recém-nascido já estava sem vida. Vizinhos contaram para a polícia que, durante a madrugada, as duas mulheres estavam consumindo bebida alcoólica. Eles afirmam ainda que ouviram barulho de briga, quebradeira e choro de criança.

 Na chegada ao local, os policiais constataram que o apartamento havia sido lavado, pois ainda puderam ver poças de água nos compartimentos, além de utensílios domésticos quebrados. O Instituto Médico Legal foi chamado e iniciou os levantamentos para a perícia. A criança apresentava hematomas pelo corpo, notadamente nas costas, coxa é pés.

(Caetano Silva)




ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário


Insira os caracteres no campo abaixo:


(94)99105 2029

Videos

ANIVERSARIANTES DO MÊS
  • Dra Camila e Dr Andrade 02 anos de casados
    Cidade: Ourilândia do Norte
  • Renata e Sérgio Lemes
    Cidade: Ourilândia do Norte
OUVINTE DO MÊS



Nenhum registro encontrado


Estatísticas
Visitas: 224974 Usuários Online: 62


Downloads de Arquivos

Copyright (c) 2020 - Jornal O Niquel - Todos os direitos reservados